Como saber se ele ou ela é a pessoa certa

Esta foi uma das minhas dúvidas durante um bom tempo e tenho certeza de que é a de muitas pessoas.

Se você tem essa dúvida e está a conhecer este site pela primeira vez, provavelmente você realizou uma busca no seu navegador sobre como encontrar ou como saber se o seu parceiro ou parceira é a “pessoa certa”. Pois bem, diferentemente da maioria dos conteúdos que você encontrará com essa busca, o que você lerá neste artigo não é exatamente a resposta que está esperando, mas tenho certeza de que ela poderá libertar você e seu parceiro de um grande fardo no relacionamento.

Afinal, o que seria “uma pessoa certa”?

Vamos começar definindo o que seria a “pessoa certa”. Cada um tem sua própria visão de como a pessoa “pessoa certa” deve ser. A “pessoa certa” para alguns, é aquela que te fará se sentir apaixonado à primeira vista. Para outros ela já deverá entrar em nossas vidas bem sucedida. Para outros ela precisará compartilhar da mesma crença religiosa. Ou então ela deverá saber exatamente o que falar e quando falar. Ela deverá saber cozinhar, passar, lavar.

Deverá gostar de animais, de star wars, sorvete de creme com passas. Deverá gostar de jogar vídeo game, cerveja, e ramones. Ou então gostar de comprar roupas e assistir The Walking Dead. Mas principalmente, deverá ler pensamentos para saber quando estamos bem ou não mesmo que pelo telefone, mesmo que pelo WhatsApp.

Bem, apesar da maioria das histórias que vemos nos livros e filmes de romance ou nos inocentes contos de fadas da Disney, a pessoa certa não existe. Mais do que isso, pensar que existe essa pessoa certa é prejudicial para você e para o seu parceiro.

Acredito sim que nada acontece por acaso e que exista uma pessoa que poderá ser a pessoa com quem você passará grande parte de sua vida. Que se alguém cruza o seu caminho algum papel ela terá ou teve no desenrolar de sua vida e quem sabe esta pessoa pode ser o seu grande amor.

Falando um pouco mais sobre erros

O erro de que trato neste artigo está em idealizar essa pessoa. Achar que será tudo lindo e que essa pessoa agirá exatamente conforme o idealizado em seus pensamentos.

Caso você esteja ainda a procura dessa pessoa certa, talvez seja uma boa ideia parar de idealizar e manter um padrão demasiadamente alto. Se questione se você não está atento demais aos detalhes e se decepcionando com qualquer pequena atitude da outra pessoa e retirando-lhe imediatamente o título de pessoa certa.

Ou se você já estiver em um relacionamento e se faz essa pergunta, possivelmente estará observando e analisando seu parceiro em toda e qualquer atitude. Essa constante análise coloca muita pressão em um relacionamento. Pois se cria muita expectativa na pessoa certa. Esperamos que ela aja exatamente como a pessoa certa que criamos em nosso pensamento. E se isso não acontece acabamos nos deprimindo e brigando com o nosso parceiro.

Termos expectativas altas demais para com o nosso parceiro é injusto. Precisamos pensar se nós realmente estamos à altura do que exigimos? Será que temos essa capacidade de ser essa “pessoa certa”, que pode sempre atender às expectativas do nosso parceiro? Será que somos perfeitos ao ponto de exigirmos tal perfeição?

Liberte-se dessa idealização de que seu parceiro ou parceira deve ser uma pessoa perfeita conforme sua idealização. Se ao invés de colocarmos expectativas demais no relacionamento e depositarmos a responsabilidade de nos trazer a felicidade na outra pessoa buscarmos encontrar primeiramente felicidade dentro de nós mesmos, com toda a certeza esse relacionamento será muito mais leve e feliz.

Agora, não idealizar não significa que você deve se submeter a todo e qualquer tipo de tratamento que o seu parceiro impõe a você. Primeiramente é necessário analisar se este relacionamento está te fazendo bem.

Se vocês estão fazendo bem um ao outro, então certamente poderão seguir juntos. Mas para termos mais clareza nessa resposta primeiramente precisamos nos libertar dessa crença de que ela deve ser a pessoa certa. Assim você poderá focar mais nas qualidades únicas que seu parceiro tem e que sequer estavam em suas expectativas irreais.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*